Aniversário Brasília/DF

Eda Rocha

Ser fotógrafa na família é assim, me torno a responsável por registrar cada data linda e cada momento especial com aqueles que eu amo. O prazer em fotografar quem nos cerca é ainda maior, ver a entrega e as personalidades aflorando em cada clique - sério, isso não tem preço. Toda essa conversa começou no começo desse ano, onde planejávamos o aniversário de 80 anos da minha sogra, a Eda - ser esse que, junto à toda família da Lara, me abrigou como membro dos Marques da Rocha.

O local escolhido foi Brasília, onde uma das filhas, a Soraya, reside, além de poder abrigar todos os convidados, afinal, são quatro filhos, seis netos, uma bisneta, além dos amigos, genro e noras. Todos juntos numa mesma casa, aproveitando tudo que a cidade oferece e fornecendo amor de sobra. Foi bonito demais, cada um desses dias refletiu o melhor de todos nós.

Chegamos em Brasília no dia 4 de outubro, um calor imenso, pouquíssima umidade e os preparativos a milhão. Me levaram pra conhecer a cidade, me impressionei com a organização, com a limpeza, com cada detalhe que Brasília reserva. Adorei e já planejo voltar mais vezes. A família foi chegando aos poucos, um cunhado após o outro, a família se reunindo e a diversão só começando.

No dia da festa acordamos cedo, levantei com a câmera em mãos e comecei a registrar cada detalhe, cada preparativo, cada peça desse lindo quebra-cabeça. Os netos chegavam, os demais convidados também, a carne já estava sendo assada e as biritas circulavam com maestria. Tudo em pleno funcionamento, todos se sentindo em casa e dona Eda feliz demais por tudo isso.

A piscina, super convidativa, fez a alegria da criançada, nada melhor pra refrescar. Os cachorros faziam parte de toda aquela festa, quem não se conhecia se apresentava, quem já se conhecia só aproveitava. Tudo foi pensado com tanto carinho, isso ficou visível em cada proposta, em cada item. Cantamos parabéns, houve muita emoção - afinal, são 80 anos de história. Todos celebraram. Todos muito felizes.

A tarde trouxe consigo as sobremesas, rodinhas de vôlei, mais piscina. Foi ali, no entardecer, que sofri uma queda, tive uma torção no joelho com estresse do ligamento, preocupei todos a minha volta e me senti ainda mais abrigada nessa família. Após algumas horas no hospital, uma tala que imobilizava toda minha perna (que permaneceu por duas semanas), uma busca incansável por muletas e mais um dia para aproveitarmos a capital do Brasil, tudo isso - sim, cada detalhe, transformou essa viagem em algo inesquecível pra mim.

Gratidão, família. Gratidão por fazer parte de vocês, por ser uma de vocês e por ter sido, também, a escolhida pra registrar cada detalhe desse grande dia. Amo vocês, família. Até uma próxima!